Conheça o primeiro drop da marca COZIEST

by - 25 junho


Recentemente o jovem Gustavo Costa [@gustavindcoz] e atual CEO da página [@cozybrasil] iniciou oficialmente a sua marca. Denominada COZIEST [@c.oziest], a marca chegou ganhando bastante atenção pela sua primeira peça. O processo criativo da COZIEST vem sendo produzido desde Setembro de 2018 e só agora em Junho de 2019 foi oficialmente lançado a sua primeira peça.

O primeiro modelo da marca denominado GEEKIN© chegou ganhando destaque pela sua silhueta e seus traços, além disso o Hoodie apresenta diversas referências e aborda um conceito único e crítico.

O modelo explora e crítica o consumo exagerado das pessoas sobre as grandes marcas, onde atualmente vivenciamos um cenário de aparência e status, a maioria das pessoas que consomem o streetwear ou sua famosa vertente, o hypebeast estão consumindo as peças por status e não por estilo ou prazer, o atual cenário se baseia em quem se veste mais caro ou quem se veste melhor, ou além disso o público esquece completamente sobre as marcas e produtos que são produzidos em território nacional e hiper valorizam o que tem mais valor, que tecnicamente é internacional, onde pagam absurdos por uma peça e reclamam sobre o preço de determinado produto nacional.


O GEEKIN explora esse lado crítico, onde é abordado nas costas do moletom uma folha de papel escrita ‘’I don’t need supreme, I’m cozy’’ fortalecendo que a partir do meu próprio estilo e conceito eu crio a minha estética, que de certa forma pode ser única, com outras frases, as pessoas não precisam comprar o mais caro pra se sentirem melhor ou mais estilosas, você cria seu estilo e auto estima a partir das peças que você tem em casa, você inicia sua própria vertente a partir das suas referências.

O moletom também aborda outras referências como a frase abaixo do nome cozy, que é um diálogo da A$AP MOB, e o seu próprio nome GEEKIN, que veio de uma música do Ski Mask, o balão ao lado do personagem, forma o nosso país e dentro, está escrito ‘’No stylist’’ pois o atual cenário se encontra vazio e sem estilo na maioria do público, as pessoas valorizam montar e criar seus outfits para verem o quão caro vai ficar, esquecendo completamente os valores pregados pelo streetwear.

Modelo: @Denesjunioo

Você Pode gostar de Flagrar também:

0 Comments