iD Prod & Proseven simbolizando de onde tudo veio com o editorial 'Da Várzea Pro Mundo'

by - 21 outubro


É dedicado a todos que ainda não chegaram onde querem chegar. A iD Prod. produtora criativa de SP em parceria com a Proseven (P7), selo musical formado por Kabatistta, Miggaz FS, Dom Tozen e Edy TG, apresentam “Da Várzea Pro Mundo”. Editorial baseado em cores primárias (amarelo, azul e vermelho) para simbolizar onde tudo começa. Nele foi abordado a cultura de vila, o lifestyle boêmio e a moda de quebrada.


“Da Várzea Pro Mundo” teve seu início no Embu das Artes - SP com o Sr. Wilson, boleiro por natureza que possui aproximadamente um acervo de 150 camisetas de times da várzea e mais de 300 discos de vinil e se tornou um ícone na bairro.

A P7 e Sr. Wilson tem incomum a mesma ligação que a música tem com o futebol, a ambição de expandir seus ares e ser reconhecido pela arte que existe nele. A iD teve oportunidade de bater um papo com eles para entender as motivações e anseios de ambos, você pode conferir abaixo o papo:


(iD X Proseven)

Salve família! O que é a Proseven?

[Proseven | Kabatistta] - Salve! A P7 começou como uma produtora audiovisual. Hoje é um selo musical e gerencia a carreira de 4 artistas, se auto produzindo e propagando a mensagem de forma conjunta. O intuito é dominar toda cena!

Como tem sido o repercussão dos últimos trabalhos?

[Proseven | Miggaz] - A repercussão tem sido ótima, alcançamos nossos objetivos iniciais, porém queremos mais. “Flow Garrincha” meu vídeo clipe lançado na copa virou hit aqui na quebrada e nos shows todo mundo canta.


O que o editorial “Da Várzea Pro Mundo” representa pra vocês?

[Proseven | Kabatistta] - Música de quebrada, futebol de quebrada e moda de quebrada. Tem tudo a ver! A Várzea mano é a vida dos moleque que vem daqui, saca? É muito louco, representar isso vestindo a camiseta do Fátima, eu cresci aqui, foi especial registrar isso. Sempre quis fazer fazer algo com os times daqui, porém nunca tive uma 100% de certeza do que. Juntar as camisetas dos times de todas as regiões próximas, com os discos dos maiores gêneros musicais possíveis de diversas influências, é foda! É um marco gratificante.


O que vocês deixam pra galera que está começando se envolver com música e moda hoje?
[Proseven | Miggaz] - Foco e trabalho duro. Não escutar o que as pessoas más dizem. Cumprir seus prazos e suas metas pessoais. É essencial para que ela não desista, porque o caminho é árduo.

(iD X Sr. Wilson)

Salve Sr. Wilson. Primeiramente se apresente e conte pra gente, há quanto tempo você possui sua coleção?

[Sr. Wilson] - Meu nome é Wilson, tenho 60 anos, sou serralheiro e pedreiro, moro no Embu há 20 anos. Ah minha coleção existe desde moleque. Sempre tive o sonho de colecionar figurinhas, discos e camisetas de times.

Qual motivação o senhor teve para montar esse acervo?

[Sr. Wilson] - Eu vim de um barraco 4X4 no Taboão da Serra, é próximo daqui, morava eu e mais 4 irmãos com minha mãe e meu pai, e alagava muito. Eu queria sair daquela situação, não aguentava mais. Comprei esse terreno e eu mesmo construí essa casa de 3 andares na pretensão de sair das enchentes. Hoje, se o Taboão encher, daqui do topo do Embu, eu consigo ver tudo. Consegui sair de lá e chegar onde eu queria chegar, essa foi minha motivação.

Qual dica você deixa pra rapaziada que tá chegando ai?

[Sr. Wilson] Que eles não esqueçam do passado. Eu comecei do zero, hoje sou referência aqui na vila. Eu quero deixar pros meus 4 netos, pelo menos um espelho do que eu fui.


Você Pode gostar de Flagrar também:

0 comentários